Cozinha sem pragas – prevenção como primeiro linha de defesa contra pragas

A Extermínio, Higiene e Controle recomenda medidas preventivas para garantir que a sua cozinha e dispensa permaneçam livres de pragas

11 Out 2017 / 09:00 H.

As cozinhas sempre foram um lugar de encontro na casa, no entanto existem alguns visitantes indesejáveis ​​que os proprietários prefeririam não se reunir no local onde armazenamos, cozinhamos e comemos - PRAGAS!

As pragas comuns que gostam da nossa cozinha:

- Baratas

As baratas espalham 33 tipos de bactérias, incluindo E coli e salmonela, seis tipos parasitas e outros tipos de patógenos humanos. Além disso, a sua saliva, excrementos e corpos em decomposição contêm proteínas alérgenos conhecidas por desencadear alergias e aumentar a gravidade dos sintomas de asma.

- Roedores

Portadores de doenças invadem as nossas casas trazendo consigo uma série de perigos. Os ratos espalham bactérias de salmonela e hantavírus e podem transportar outras pragas causadoras de doenças, como carrapatos, pulgas e piolhos.

Os roedores mastigam a madeira e os fios eléctricos, aumentando o risco de incêndios domésticos.

A prevenção é o nome do jogo com os roedores, porém, quando eles se mudam, eles rapidamente se fazem da casa – uma fémea pode ter até 12 bebés cada três semanas!

- Formigas

As formigas que vemos nas cozinhas são trabalhadoras que procuram os alimentos que nós deixamos. Os alimentos que encontram levam de volta ao ninho, deixando uma trilha para as outras formigas trabalhadoras que seguem. Essas formigas alimentam a rainha que faz a reprodução - e nunca sai do ninho. Então ... para se livrar das formigas, precisa de se livrar dos alimentos que as formigas procuram.

- Moscas da fruta

Ao contrário da crença popular, essas moscas não vêm do interior da fruta e não são “nascidas” espontaneamente de frutos podres. Em vez disso, eles são capazes de detectar o fermento produzido pelas frutas, mesmo a grandes distâncias. Uma vez identificado o alvo pretendido, as moscas de fruta facilmente entram na sua casa e, como o seu tamanho minúsculo permite, através de rachaduras e fendas mínimas. A maioria das redes das janelas também não os impedirá.

- As pragas da dispensa

Esses insectos tendem a reunir-se em torno de comida, muitas vezes armazenada em despensas e armários, como farinha, cereais secos, especiarias, doces e chocolate. As pragas comuns da despensa incluem várias, como, por exemplo, o bicho-da-farinha, o gorgulho e a traça.

Algumas medidas recomendadas para a prevenção:

· Livre-se das caixas de supermercado e verifique as mercadorias que compra, muitos vezes é através da mercadoria do fornecedor que certas pragas entram na sua casa;

· Guarde alimentos em recipientes herméticos selados;

· Armazene os doces como açúcar, xarope e mel em recipientes de plástico que se fecham com pressão e limpe-os para remover qualquer resíduo pegajoso;

· Limpe os balcões e chão logo quando derrame algo;

· Qualquer recipiente de sumo ou refrigerante vazio deve ser enxaguado antes de ser reciclado ou jogado fora;

· Compre somente alimentos em embalagens seladas que não apresentam sinais de danos;

· Verifique as datas de validade dos ingredientes;

· Se mantiver frutas frescas na cozinha, verifique frequentemente por sinais de sobre-amadurecimento. As moscas da fruta feminina colocam uma média de 500 ovos na superfície da fermentação de frutas – qualquer fruta mais madura vai atrair também formigas;

· Não deixe os pratos sujos empilharem na pia e mantenha a pia seca;

· Não se esqueça dos restos de comida e de lavar as tigelas dos seus animais de estimação regularmente;

· Certifique-se de levar o lixo fora regularmente.

Lembre-se que a segurança está em 1º lugar!

O controle e prevenção de pragas é importante por razões de saúde.

Se suspeitar de uma infestação, não hesite em contactar-nos para marcar uma verificação gratuita.

www.exterminio.pt

Telefone: 291 930 500

Em prol da saúde pública!