Comunidade Bahá’i da Madeira evoca fundador

22 Out 2017 / 06:30 H.

A Comunidade Bahá’i da Madeira celebrou os 200 anos de Bahá’u’lláh, o fundador da Fé Bahá’i, com uma série de actividades, destacando uma exposição pública, uma palestra,a projecção de um filme, momentos sociais e conversas informais, que decorreu na cidade do Funchal, numa das unidades hoteleiras mais conhecidas da Madeira, na Estrada Monumental.

Bahá’i é uma religião monoteísta que enfatiza a união espiritual de toda a humanidade através de três princípios básicos que estabelecem a base para os ensinamentos e a doutrina bahá’i: a unidade de Deus (há apenas um Deus, a fonte de toda a criação); a unidade da religião (todas as maiores religiões têm a mesma fonte espiritual e partem do mesmo Deus); e a unidade da humanidade (todos os seres humanos foram criados igualmente).

Bahá’u’lláh pediu companheirismo e colaboração entre os seguidores de todas as religiões, enquanto o ódio e o fanatismo religioso continuavam a alimentar violência, tirania e terrorismo. Confirmou a igualdade entre homens e mulheres, enquanto a opressão da mulher ainda atrasava o progresso de muitas sociedades; ensinou que a humanidade é uma família e pregou a eliminação do preconceito racial, enquanto o racismo é, ainda, um mal persistente.

Outras Notícias