Comitiva vai às Desertas assinalar 30 anos do Life Lobo-Marinho

28 Ago 2018 / 09:59 H.

Cerca de 30 pessoas partiram esta manhã rumo às Desertas numa acção de sensibilização destinada à comunicação social e integrada no projecto de conservação Life Madeira Lobo-Marinho e nos 30 anos da construção da cada da Doca das Desertas. O programa começou há pouco com a largada do Funchal.

A chegada ao destino está prevista para as 11 horas. Depois do desembarque, a comitiva, onde se incluem também pessoas da Secretaria Regional do Ambiente e Recursos Naturais e da Marinha, visita o habitat do lobo-marinho. Os planos são para ir à Enseada do Tabaqueiro onde será feito uma apresentação do projecto.

Um almoço vai anteceder o embarque previsto para as 15 goras. A chegada ao Funchal está marcada para as 17 horas.

O lobo-marinho é a foca mais rara e uma das espécies de mamíferos mais ameaçadas de extinção do mundo, existindo actualmente segundo dados disponibilizados pela SRARN menos de 600 indivíduos na sua área de distribuição devido à caça, indirectamente à pesca e à deterioração do habitat. Nos anos 80, seriam apenas seis a oito indivíduos.

As ilhas Desertas são reserva natural desde 1995. Dois anos depois foi construída na Deserta Grande uma unidade de reabilitação para lobos-marinhos, para recuperar eventuais animais debilitados.

Outras Notícias