Centro Internacional de Negócios da Madeira discutido em conferência no Porto

Porto /
14 Nov 2017 / 10:05 H.

O Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM) será amanhã, dia 15 de Novembro, tema central de uma conferência que decorrerá no palácio da Bolsa, na cidade do Porto. Sob a organização da SDM, em parceria com a Associação Comercial do Porto, a conferência, denominada ‘O Papel da Zona Franca ou Centro Internacional de Negócios da Madeira na Internacionalização das Empresas Portuguesas’, contará com um conjunto de intervenções especializadas e tem como objectivo aprofundar o conhecimento sobre a Zona Franca da Madeira como um dos instrumentos mais eficazes ao dispor dos empresários portugueses nos seus processos de internacionalização.

As intervenções de abertura da conferência ficarão a cargo de Nuno Botelho, Presidente da Associação Comercial do Porto, e do Presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque.

Em seguida, Francisco Costa, Presidente da SDM, abordará o tema ‘Factos, princípios e enquadramento institucional da Zona Franca da Madeira’, matéria que será complementada pela apresentação de Catarina Gonçalves, da PricewaterhouseCoopers, sobre ‘O regime fiscal da Zona Franca da Madeira e as oportunidades para as empresas nacionais’.

A preceder a intervenção de encerramento, a cargo do Presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira, haverá lugar a um debate que será moderado por Miguel Durham Agrellos

Esta iniciativa, a exemplo da conferência realizada no passado mês de Junho, em Lisboa, em parceria com o Jornal de Negócios, visa contribuir para aprofundar o conhecimento sobre o Centro Internacional de Negócios da Madeira no País e, em particular, junto do tecido empresarial nacional.

Trata-se de iniciativas de relevo na medida em que a procura pelo CINM continua a crescer em Portugal devido às vantagens que proporciona aos empresários portugueses em processo de internacionalização. Como tal, a SDM tem vindo a reforçar a promoção habitualmente desenvolvida no Continente através dos seus escritórios em Lisboa e no Porto.