CDU protesta contra o Governo da República pelo atraso no concurso da ligação aérea com o Porto Santo

08 Nov 2017 / 16:14 H.

Edgar Silva apresentou hoje, no Porto Santo, um protesto público contra o Governo da República pelas limitações aos direitos à mobilidade de e para o Porto Santo. O protesto da CDU/Madeira prende-se, sobretudo, com o atraso no lançamento do concurso para a prestação de serviço de transporte aéreo.

A CDU avança com uma petição para que seja resolvido o problema, que é justificada pelo “isolamento” a que estão votados os habitantes do Porto Santo.

“A TAP deixou de garantir a ligação directa com Lisboa ao longo da semana. Passou a existir apenas um voo semanal, ao sábado. Nos dias em que o “Lobo Marinho” não faz viagem o Porto Santo depende inteiramente de um pequeno avião de 19 lugares na rota: PT. Santo - Funchal - PT. Santo”, pode ler-se no texto da petição.

Para além de esta situação “corresponder a uma inaceitável limitação aos direitos à mobilidade dos cidadãos no interior do território nacional”, também constitui, segundo Edgar Silva “um bloqueio ao desenvolvimento local e em especial, à economia do turismo no Porto Santo”.

A CDU manifesta o seu o protesto público ”contra o Governo da República relativamente aos atrasos no lançamento do concurso público para a prestação do serviço aéreo entre o Porto Santo e a Madeira. Os atrasos verificados adiam soluções quanto à urgência de uma nova política de mobilidade aérea”.

Tópicos

Outras Notícias