CDU exige fim da taxa de protecção civil que “é ilegal e inconstitucional”

21 Jan 2018 / 12:13 H.

A CDU esteve hoje em Santa Cruz em contacto com as populações, onde dinamizou um abaixo-assinado que contou com cerca de 3 centenas de assinaturas. Este abaixo-assinado seguirá agora para o Provedor da Justiça, onde exige o fim da taxa de protecção civil que “é ilegal e inconstitucional”.

O porta-voz comunista, José António Jardim, diz que esta é uma situação de “roubo escandalosa por parte do executivo camarário do JPP” e que esta Câmara não pode “continuar a extorquir a população de Santa Cruz”.

“Desde de 2014, meio milhão de euros já voaram dos bolsos dos Santa-cruzenses de forma ilícita e isto não pode continuar”, disse.

Por este motivo, a CDU, apela ao Provedor de Justiça para que se faça justiça e que se pare de uma vez por todas de “roubar ao povo de Santa Cruz”, exigindo também a devolução das “verbas roubadas às populações desde 2014”.

Outras Notícias