CDS Ponta do Sol contra a instalação de infra-estruturas de aquacultura na frente mar da vila

11 Ago 2018 / 15:43 H.

Na sequência de uma notícia vinda a público sobre a instalação de infra-estruturas de aquacultura no sítio dos Anjos, freguesia dos Canhas, Ponta do Sol, o CDS da Ponta do Sol, através da vereadora Sara Madalena, questiona as entidades competentes sobre a localização exacta das referidas instalações, uma vez que se verifica, neste momento, a instalação de bóias sinalizadoras a partir do cais da Ponta do Sol, mesmo em frente à vila.

“Ora a se verificar a instalação das ditas infra estruturas naquele local, as consequências a nível ambiental, turístico e social serão graves”, diz Sara Madalena que exige saber se “todos os estudos dos eventuais impactos foram tidos em consideração”.

Relembra que vários populares se estão a “rebelar” contra essa eventualidade que, a ser verdade, “causará um impacto negativo, a todos os níveis, para a população pontassolense e sobretudo para o turismo que é, cada vez mais, um dos grandes motores da economia local”.

Sara Madalena desconhece o teor de qualquer parecer emitido pela anterior vereação acerca da questão em apreço, mas reitera o seu descontentamento, bem como uma enorme fatia da população local, sobre a instalação de postos de aquacultura na frente Mar da Vila da Ponta do Sol. Pelo que “solicita ao governo esclarecimentos cabais acerca da real localização daqueles postos”.

Outras Notícias