CDS contra aumento de impostos no Funchal

13 Nov 2017 / 12:50 H.

Em declarações à comunicação social, Rui Barreto avisa que o CDS não está disponível para se comprometer com aumento de impostos, pelo que poderá votar contra o Orçamento da Câmara Municipal do Funchal (CMF) para 2018. “Não contarão com o CDS para aumentar de impostos no Funchal”, declarou.

“Esta decisão contraria toda a lógica discursiva de Paulo Cafôfo durante a campanha para as autárquica e surge em contra ciclo com o momento financeiro da autarquia, que é hoje razoável, tem um saldo corrente de 11 milhões de euros e um resultado líquido de 6,2 milhões de euros”, sublinha o democrata-cristão.

Outras Notícias