Casas do Povo vão ter apoio de gabinete jurídico

Gaula /
13 Mar 2018 / 20:36 H.

O Governo Regional vai providenciar um gabinete jurídico de apoio às Casas do Povo. O anúncio foi feito esta terça-feira pela secretaria regional da Inclusão e Assuntos Sociais, Rita Andrade, durante a tomada de posse dos novos órgãos sociais da Casa do Povo de Gaula. Miquelina Jardim Faria sucede a Manuel das Neves Vieira na direcção.

Rita Andrade justifica esta aposta: “Sentimos, por vezes, falta esse apoio e vamos ter um advogado com essa tarefa”.

Na ocasião, Rita Andrade enalteceu o “excelente trabalho” desenvolvido pela anterior direcção e faz votos de continuação de bom trabalho aos novos elementos. Também destaca a importância das Casas do Povo junto das comunidades: “Tradicionalmente sempre foram importantíssimas, e são cada vez mais um pilar essencial pelo seu posicionamento junto da população”.

A secretaria regional da Inclusão e Assuntos Sociais também deixou outra garantia: Podem continuar a contar com o Governo Regional. Passámos uma fase complicada, em termos financeiros. As coisas melhoraram um pouco e podemos dar o apoio que antes não conseguíamos devido as essas restrições financeiros”.

Outras Notícias