Calado visita empresa de biomassa na Zona Franca

21 Set 2018 / 19:15 H.

Eficiência energética, criação de postos de trabalho, produção regional e aproveitamento dos fundos comunitários para o desenvolvimento económico da Madeira. Estes são os factores apontados pelo vice-presidente do Governo Regional em relação à empresa Madeira Biomass Energy, que acaba de se instalar na Zona Franca da Madeira.

Ao lado de Jorge Magalhães, CEO da empresa, Pedro Calado visitou o espaço - que conta com cerca de 8 mil metros quadrados. O governante sublinhou a importância do projecto, assim como o trabalho em conjunto: “Por parte das empresas investidoras que encontraram uma solução de alternativa de fornecimento de energia limpa, que está de acordo com a aposta comunitária para arranjar substitutos para a energia fóssil”., como os combustíveis e o gás. “Os hotéis são os principais clientes e já utilizam em grande quantidade esta energia em grande quantidade, já que permite uma poupança de cerca de 30% em termos de custos energéticos. É significativo. Numa indústria hoteleira, o custo energético é muito pesado na estrutura de custos correntes e termos uma indústria destas na Madeira, a utilizar matéria prima de cá – resíduos de produtos que muitas vezes iam para o lixo e são reaproveitados e transformados numa energia alternativa que, faz a substituição de calor e é utilizada noutras fontes energéticas”. O vice-presidente destacou ainda a eficácial: “Em termos ambientais é muito positivo”.

Pedro Calado vincou ainda a importância dos fundos europeus: “O apoio comunitário através do IDE – Instituto de Desenvolvimento Empresarial. As empresas têm sabido aproveitar estes fundos. Esta empresa teve um investimento superior a um milhão e meio de euros nesta componente, um investimento que foi aproveitado, co-financiado pelo Governo Regional com fundos comunitários. O resultado está aqui”.

Resultado esse que trouxe, afirmou Calado: “Criação de postos de trabalho” e “um produto final tratado, vendido e, também, utilizado aqui na Madeira”.

Apoiada pela Startup Madeira, a Madeira Biomass Energy é uma unidade industrial que se dedica à produção de estilha e ‘pellets’ para a queima em caldeiras de produção de vapor e água quente, actuando como substituto de energia de gás e electricidade.

Para além da aplicação na indústria hoteleira, agroalimentar e saúde, esta empresa dedica-se ao processo de transformação da biomassa florestal, armazenagem e expedição da mesma (circuito comercial).

Outras Notícias