Autarcas do PSD/Machico recomendam esforço para a defesa do CINM

A recomendação foi direccionada à Câmara Municipal de Machico

12 Jul 2018 / 16:02 H.

Foi hoje aprovado na Câmara Municipal de Machico, sob proposta do PSD, um voto de recomendação para que o município disponibilize todos os seus esforços para a defesa e manutenção do Centro Internacional de Negócios da Madeira (CINM).

Os vereadores social-democratas justificam que o CINM “é um importante instrumento de desenvolvimento económico para o concelho de Machico e para a Região Autónoma da Madeira, pois representa uma receita fiscal superior a 150 milhões por ano e a criação de cerca de 3 mil empregos directos”.

Segundo os autarcas, a economia do concelho de Machico e da Região Autónoma da Madeira tem tirado proveitos desde que passou a contar com o Centro Internacional de Negócios da Madeira, uma vez que este divulga e promove a ilha junto de diversas actividades em mercados internacionais, emprega um número significativo de trabalhadores e continua a ser uma porta de entrada para trabalhadores altamente qualificados.

Nesta reunião de hoje, foram também aprovados outros dois votos do PSD, ambos de congratulação. O primeiro é direccionado à Associação Desportiva de Machico “pela excelente competição que culminou na conquista dos títulos de Campeões em Sub 11 e Sub 12 no Torneio Aveiro Cup 2018, que é extensível a todos os atletas, técnicos, dirigentes, sócios, famílias e simpatizantes, que viram assim coroados de êxito o seu esforço e manter e fazer jus ao ‘slogan’ de que Machico é um ‘viveiro de atletas’”.

O segundo voto de congratulação foi para António Alves Fernandes “pela excelente época que culminou conquista dos títulos de Campeão Regional Ciclismo de estrada cadetes 2018 e Campeão Regional de XCO cadetes 2018, que é extensível à sua família, a todos os membros da equipa de ciclismo, todos os técnicos, dirigentes, sócios e simpatizantes, que viram assim coroados de êxito o seu esforço e dedicação, tornando um sonho, que muitos perseguem, em realidade, mas que só os melhores alcançam”.