Assembleia com ‘laços’ no Dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres

24 Nov 2017 / 10:40 H.

‘N(Amoro)o = Laços Saudáveis’ é o título da iniciativa que decorre, durante toda esta manhã, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira e que assinala o Dia Internacional para a Erradicação da Violência Contra as Mulheres. O tema deste ano, a violência no namoro, envolveu jovens de diversas escolas da Região, numa acção coordenada pela Secretaria Regional da Inclusão e Assuntos Sociais, através do Instituto de Segurança Social da Madeira.

Na sessão de abertura, a presidente do conselho de administração do ISSM, destacou a importância do envolvimento dos jovens na participação e divulgação de acções que visam “erradicar a violência nas relações”.

Augusta Aguiar referiu, na sua intervenção, que segundo os dados de 2016, das 27.291 denúncias por violência doméstica, recebidas pelas autoridades policiais em Portugal, mais de 30% diziam respeito a casos de violência no namoro. Entre os casos mais violentos registados, 86% eram entre namorados. Entre as vítimas de violência, 84% eram mulheres.

Na Região há uma rede de 16 entidades, das áreas sociais e policiais que colaboram nas acções de prevenção da violência doméstica. Desde Novembro de 2016 que decorrer uma campanha regional contra a violência no namoro.

O programa da iniciativa na ALM inclui a exibição do vídeo ‘Broken’, do grupo Dançando Com a Diferença, seguido da actuação dos alunos da Escola Básica do 2º e 3º ciclos do Estreito de Câmara de Lobos.

‘Conectando Mundos’ (Danças do Mundo), ‘A resposta está no Amor?’ (Centros Comunitários e Equipas de Rua) e ‘Sintonizados’ (Conservatório - Escola das Artes), completam o programa.

No final a manhã será entregue ao presidente da Assembleia Legislativa da Madeira um manifesto contra a violência no namoro.