Albuquerque quer ampliar Pontinha “no próximo mandato”

18 Jul 2018 / 19:50 H.

O Presidente do Governo Regional declarou, esta quarta-feira, que planeia ampliar o molhe da Pontinha, caso vença as eleições em 2019.

Miguel Albuquerque falou durante a cerimónia do Dia do Porto do Funchal, na Gare da Pontinha, e argumentou com a maior segurança da baía da cidade e uma melhor operacionalidade dos navio-cruzeiros, para explicar a eventual ampliação.

Mas isto, só depois do lançamento do concurso público internacional para o Novo Hospital: “Uma vez aberto este concurso para o hospital, trabalhar no sentido de garantir a ampliação da Pontinha, protegendo o Cais Norte e possibilitando que seja operacional como Porto de Cruzeiros. E garantir também uma maior operacionalidade da Marina do Funchal”.

Para Miguel Albuquerque “esta protecção é essencial. A zona da Praça do Povo, o Cais Norte e a Marina estão sujeitos a ventos de sudoeste fortes e podem sofrer graves danos”. O governante salvaguardou que estas são situações “pouco correntes, mas podem acontecer”. Para já, ainda não há mais novidades, mas Albuquerque adiantou que poderá “apresentar como uma obra a fazer, possivelmente, no próximo mandato”.

Miguel Albuquerque disse ainda que a ampliação da Pontinha deverá rondar os “400 e tal metros” e “é capaz de chegar aos 100 milhões de euros”, como o DIÁRIO já avançou em Fevereiro deste ano.

Outras Notícias