“A nossa visão de futuro é uma agricultura rentável”, diz Paulo Cafôfo

15 Set 2018 / 15:19 H.

No âmbito do projecto ‘A Madeira que queremos’, o PS-M visitou, esta manhã de sábado, explorações agrícolas no concelho da Ponta do Sol.

Após a visita a estufas de flores e de papaias e a terrenos com plantações de bananeiras, o candidato do PS-M às eleições Regionais de 2019 destacou o facto de estes serem empresários que têm, “com empreendedorismo e visão de futuro, dado outra face à agricultura tradicional madeirense” e considerou que “estes bons exemplos devem servir de contágio para uma agricultura da Madeira do futuro”.

Segundo afirmou Paulo Cafôfo, a questão do conhecimento é fundamental. “Hoje em dia, a forma como o processo agrícola é implementado necessita de conhecimento e, aqui, o Governo Regional deve ter um papel importante nos técnicos e nas técnicas que servirão para os agricultores tirarem mais rendimento”, sustentou.

“É este empreendedorismo destes agricultores que, associados ao conhecimento e ao apoio técnico do Governo Regional, podem fazer a diferença numa agricultura que queremos rentável»”, disse o candidato do PS-M, frisando que “o tempo da agricultura de subsistência, da miséria dos agricultores tem de ser ultrapassado”. “A nossa visão de futuro é uma agricultura rentável”, sustentou. Apesar das condições de orografia, Paulo Cafôfo considerou ainda que “há determinadas especificidades que são um factor de diferenciação dos produtos com a marca Madeira que podem ser altamente rentáveis, desde que haja as condições para tal”.