Portugal tem potencial

12 Jun 2018 / 02:00 H.

    Portugal, tem todo o potencial, tem todas as qualidades, eficiência e capacidade, para este campeonato do mundo que se avizinha, que dentro de dias tem o seu começo, onde a equipa das quinas, vai estar presente no grupo B, juntamente com as selecções, da Espanha, Marrocos e Irão, para a tão desejada presença no mundial de futebol na Rússia, FIFA 2018.

    No ultimo teste, a equipa portuguesa bateu na ultima quinta feira, no estádio da luz, a selecção da Argélia, por um expressivo três a zero.

    Onde o nosso seleccionador, Fernando Santos, testou, a equipa tacticamente, começando o encontro com um 4X4X2, o com Rui Patrício, na baliza, na defensiva, a lateral direito, Cédric, a lateral esquerdo Raphael Guerreiro, como dupla de centrais, Bruno Alves e Pepe, Há frente da defesa como médio defensivo, chamado na gíria futebolística, trinco, como médio ofensivo, no miolo do terreno, João Moutinho, como médios na direita Bernardo Silva, Bruno Silva na esquerda, mas deslocando-se para o meio da frente de ataque, alternando com Cristiano Ronaldo, Portugal primeiro vestiu, um 4x4x2, com o desenrolar do encontro trocou de fato e experimentou, o outro modelo táctico, um 4x3x3, que assimilou perfeitamente.

    Num estádio com um relvado em excelentes condições, apesar da chuva que caía.

    No entanto Fernando Santos, foi homenageado, pelo Presidente da Federação Portuguesa de Futebol, pelos 50 jogos ao serviço da selecção Portuguesa, recebendo um troféu, de merecimento.

    Mas logo ao minuto 17,Gonçalo Guedes, inaugurou, o marcador, após boa assistência de Bernardo Silva, depois foi a vez de Ronaldo, empurrar a bola para o fundo das redes, mas este foi anulado.

    Mas neste sistema táctico a equipa das quinas tirava proveito, onde ia dando os seus frutos, pois desta maneira não faltou muito tempo para o segundo de Portugal, acontecer, desta feita, quem poderia ser, sempre ele a brilhar, não perdoou, vai pelo corredor esquerdo, vai há linha e cruza com peso conta e medida para a cabeça de Bruno Fernandes, que solto no centro da pequena área, sem marcação, não perdoa, desvia o esférico, para o fundo da redes, estava feito o segundo,ao minuto 37, onde nessa altura com estas trocas de posições, Portugal, segurava o encontro e com confiança e eficácia controlava o jogo.

    Portugal matava o jogo em todo o terreno, empurrando os Argelinos para o seu meio campo.

    Aos 30 minutos Portugal vence e domina, logo a seguir, Gonçalo Guedes, cria perigo perigo junto da baliza Argelina.

    Chega ao intervalo Portugal vence por dois zero.

    No reatamento, Portugal aumenta o marcador, através de Gonçalo Guedes, ao minuto 55, com nova assistência de Bernardo Silva.

    Desta feita Gonçalo Guedes, a meu ver será, ou então o mister Fernando Santos, verá, mas é uma possibilidade de colocá-lo lá na frente ao lado de Ronaldo, em vez de André Silva.

    No entanto, Fernando Santos faz testes, na equipa, testando os suplentes, ao minuto 57, tira Guerreiro, entrando para o seu lugar, Mário Rui, praticamente ao mesmo tempo, entra José Fonte, para o lugar de Bruno Alves.

    No entanto, tira William Carvalho, entrando Adrien, jogava-se o minuto 64 da etapa complementar, não perdendo tempo, retira Bernardo Silva, entra Ricardo Quaresma, igualmente no minuto 64.

    Fernando santos foi aproveitando para refrescar equipa neste ultimo teste, antes do mundial, tirando Ronaldo, entrando André Silva, logo de seguida faz descansar,João Moutinho, entrando para o seu lugar João Mário.

    A selecção, jogava em todo o terreno circulando com rapidez e em toda a largura do relvado a menina redonda, sendo um óptimo e foi um grande teste para Fernando Santos e para os jogadores das quinas, para o mundial, que nos bate há porta.

    A nossa selecção, tem um grande potencial, tem uma filosofia bem estudada, tem uma crença, uma ambição, vontade não lhes falta é preciso e saber aproveitar as situações e pensar antes de agir, resolvendo com serenidade, todos os espinhos e pedras que apareçam pela frente.

    Pois temos valores, temos o melhor do mundo, que apoia os colegas profundamente e os orienta dentro das quatro linhas, faltando apenas uma ligeira lacuna, mas nada de grave, que é o colectivo da equipa, mas o esqueleto já está montado, agora falta actuar e conquistar os jogos, que temos nesta primeira fase, já no próximo dia 15 Junho frente há Espanha.

    No acreditar, na crença, está a vitória, vivendo um dia de cada vez, um desafio, uma batalha, perseguindo a nossa maratona com calma e tranquilidade, sem euforias, com calma, jogando o que sabemos jogar, demonstrando dentro do relvado aquilo que somos e valemos, pois temos muita postura quer colectiva, quer individual e neste sentido temos que aproveitar as nossa fonte de riqueza de seu nome Cristiano Ronaldo, o mais experiente de todos o nosso capitão, que transmite segurança para os colegas mais novos e os apoia na totalidade.

    Fomos campeões europeus, não foi por acaso, é porque temos valor, então agora é que ter fé e esperança para este campeonato do mundo.

    No fim tudo se verá, e com tranquilidade gerir cada jogo, com disciplina táctica e física e sermos neste presente campeões do mundo.

    Força PORTUGAL, O homem é aquilo que pensa, cada um é aquilo que é. com esta ideologia chegaremos lá.

    Miguel Ângelo

    Outras Notícias