Mato por limpar no Monte

14 Jun 2018 / 02:00 H.

    Visito a ilha da Madeira com muita frequência ao longo do ano e sou uma grande preocupada e defensora da natureza e ambiente.

    Envie um email à Câmara Municipal do Funchal a reportar o acumular de mato por limpar e lixo na zona junto ao teleférico do Monte dois meses antes do grande incêndio de à dois Verões atrás.

    Por esse motivo sinto uma grande revolta e sempre que vou à Ilha, que já considero um pouco minha também, vou à zona do Monte para ver como já cresceu a natureza na zona.

    Na passada semana fui à zona do Monte novamente, e qual não foi o meu espanto ao deparar-me com um acumular de lixo mesmo junto ao teleférico do Jardim Botânico (entulho de mato por limpar e madeiras de paletes ali largadas como lixo). Fiquei revoltadíssima e já enviei uma mensagem via site à Câmara do Funchal a pedir esclarecimentos e resolução urgente. Contudo sei que a Câmara municipal talvez faça ouvidos moucos, e não ligará muito à minha mensagem, pois se assim fosse não teria deixado o mato naquele local chegar aquele ponto.

    Também de referir que encontrei vários terrenos particulares a caminho do Monte, com entulho por limpar. Não compreendo porque é que a lei que obriga os proprietários a limpar os terrenos não se aplica na Região Autónoma da Madeira. Bem sei que são uma Região independente, mas são também Portugal. Por esse motivo não estou a compreender o que se está a passar em relação à limpeza dos terrenos e matas. Algo não está a funcionar.

    Peço-vos encarecidamente que façam reportagem sobre este problema, pois se o poder governativo teima em continuar autista a este problema da limpeza dos terrenos, que os jornalistas façam algo por todos nós para que este problema não persista.

    Leonor Almeida

    Outras Notícias