Latidos e caravanas

14 Out 2018 / 02:00 H.

    Parabéns, Diário. Parabéns. Hoje fiquei bastante emocionado ao ver as fotos da tua festa, pois reparei que ali não faltaram tantos e tantos teus amigos, e também muitas personagens do jet set que ao longo dos anos têm andado de mãos dadas com o PSD-M até as unhas de muitos se cravarem nas mãos umas das outras. Parabéns, Diário. Parabéns. Hoje fiquei feliz por saber que tiveste também tanta gente dessa ao teu redor, bem como em redor do Senhor inglês (o tal não muito amado por um ou outro deles). As fotos da tua festa trouxeram-me a certeza a paz e o descanso de que os tempos difíceis já lá vão, pois muitos daqueles que antes, quem sabe se por puxões de orelhas ou apenas por um simples erguer de sobrolho de alguém ou com medo de caírem dos poleiros se viram impedidos de escrever nas tuas páginas, e hoje voltaram a fazê-lo, sem pudores nem memória. Ainda bem, ainda bem. Foi bonito ver harmonia, exuberante felicidade, e supor que não faltaram efusivos abraços e muitos beijos pelo meio. Fico feliz. Muito feliz! Se houvesse um Senhor que dizem tudo perdoar mesmo àqueles que não sabem o que fazem, decerto que ele também perdoaria todos aqueles que sempre souberam o que faziam, aquilo que fazem e continuarão a fazer! Parabéns, Diário, que o tempo, a força e determinação de alguns te vão ajudando a conservar as memórias, as boas e as más. Para vergonha de muitos que te foram dar os parabéns! Felicidades! Que tenhas sempre capacidade para sorrir e continua sempre a acenar às caravanas que vão passando, ainda que se oiçam lá dentro muitos latidos ruidosos!

    Jorge Gomes