Festas da escola e afins

16 Mai 2018 / 19:27 H.

    Agora é cada vez mais habitual envolver os pais nas actividades escolares, sobretudo no ensino pré-escolar. Mas haja bom senso. Estar presente em actividades às 16h, ainda contando com a deslocação, não é para todos os pais trabalhadores! Ainda é pior quando o filho pertence a uma sala em que TODOS os pais conseguem essa proeza menos um, que sou eu. Desculpem, mas eu não acho isso normal. Nem justo! O meu filho sente-se diferente dos outros porque é o único “sem família”. Consigo ir às reuniões de avaliação ou sempre que sou chamada, mas às festinhas que são quase mensais ou bimensais, simplesmente não dá! Vou aqui e ali, mas não consigo ir a todas. E custa-me saber que ele sofre por isso e eu não posso fazer nada. Também não acho certo que os trabalhadores com filhos tenham o direito de faltar várias tardes, deixando muitas vezes os colegas sem filhos sobrecarregados de trabalho. Eu acho que para ser justo, os trabalhadores com filhos podiam tirar as horas necessárias, mas depois deviam ser obrigados a repor num horário à escolha. Ou no limite, os colegas sem filhos deviam ter direito a um descanso semelhante. Mas o ideal seria se as senhoras Educadoras fizessem as actividades em horários mais razoáveis!

    L.I.

    Outras Notícias