Autonomia fiscal

21 Mar 2017 / 02:00 H.

    Cada vez mais nos convencemos do acerto das propostas fiscais do deputado Miguel de Sousa. Sem dúvida que teve coragem em apresentar um programa fiscal, até então, tabu entre os políticos. Mesmo para os governos regionais. Igualar os impostos a todas as empresas na Madeira e Porto Santo não só é justo como urgente. A cerca de arame na Zona Franca do Caniçal não pode ser a separação entre as que pagam 23 por cento e as que pagam 4 ou 5 por cento. Já não se justifica. Não se aceita. Miguel de Sousa na Assembleia apresentou todas as contas sobre a matéria. É tempo de nos deixarmos de politiquices e irmos ao que interessa. Para isto lutámos pela Autonomia !

    Eugénio Spinola