A rota do ouro

09 Ago 2017 / 02:00 H.

    É um autentico filão de ouro esta rota Madeira/Continente/ Madeira que a TAP descobriu. Já várias vezes escrevi, assim como vários madeirenses para denunciar esta aberrante exploração. De nada serviu até agora porém jamais deixarei de me repetir seguindo o velho adágio popular “agua mole em pedra dura tanto bate até que a fura” .Tenho esperança que um dia alguém responsável desperte do marasmo e acabe com esta vergonhosa exploração onde um passageiro com bilhete corrido entre Madeira/França, com escala no Porto, tendo o trajeto entre Porto e Paris uma distância de 1.213km custe metade do preço de uma passagem Madeira/Porto, distância1.197km. Já em 13.01.2008 numa “Carta do Leitor” intitulada, “mais um “porco” escrevi que no regresso de Canárias, num voo da SATA, em conversa com um comissário de bordo perguntei-lhe se não haveria hipótese desta companhia ter a RAM como parceira de negócios ao que ele me respondeu; “isso apenas depende da vontade política. Acreditei na altura e cada vez mais me convenço que além da falta de vontade política junta-se também a ganância dos grandes “lobbys” financeiros dos quais cada vez mais dependemos. Vejamos; segundo explicações das transportadoras o preço das passagens sobe exponencialmente no Natal, na Pascoa e no Verão porque, existe muita procura nessas alturas o que faz o preço das passagens disparar. Então se existe assim tanta procura porque mais nenhuma companhia se interessa por esta linha? Algo está mal explicado! Continuo a acreditar que uma parceria entre a SATA e a RAM para exploração desta linha tenderia a acabar com esta vergonhosa exploração. Em último caso não seria de excluir a hipótese de fretamento de aviões para transporte de passageiros entre Madeira e Continente. Para grandes males grandes remédios e assim as companhias teriam uma séria concorrência que as obrigaria a acabar com este “roubo”. A verdade é que mesmo depois de vários madeirenses, Hoteleiros e G.R terem denunciado esta exploração nada mudou no custo total entre a Madeira e o Continente e acredito que nada vai mudar se não houver forte determinação do G. Regional em tomar medidas extremas a fim de resolver esta vergonha.Esta solução não é viável? Então expliquem porquê de modo que todos compreendamos.

    Juvenal Rodrigues

    Outras Notícias