Maior afluência de sempre nas eleições do Sporting

resultados

09 Set 2018 / 02:00 H.

As eleições de ontem para os órgãos sociais do Sporting registaram a maior afluência de sempre num acto eleitoral do clube, com 22.510 votantes, anunciou o presidente da Mesa da Assembleia Geral (MAG), Jaime Marta Soares. Os resultados só foram divulgados após o fecho desta edição.

Em conferência de imprensa, depois do encerramento das urnas, Jaime Marta Soares deu conta da presença de 19.159 sócios votantes, aos quais se somam os 3.351 validados pelos que o fizeram por correspondência. Estes números representam 44,1% dos 51.009 associados com direito a voto. As anteriores eleições com maior afluência ocorreram em 2017, na reeleição de Bruno de Carvalho, quando votaram 18.661 sócios.

O presidente da MAG do Sporting, Jaime Marta Soares, destacou que o dia de ontem foi histórico para o clube, tanto pelo número recorde de votantes alcançado, como pela ausência de conflitos. Após o fecho da votação, o dirigente ‘leonino’ fez um balanço muito positivo, salientando o facto de não ter existido “um único conflito ou qualquer tipo de azedume entre os associados”. “Que grande é a minha satisfação. Foi um ato eleitoral inexcedível, incomparável e uma lição de respeito e democracia”, destacou.

João Benedito (lista A), José Maria Ricciardi (B), Frederico Varandas (D), Rui Jorge Rego (E), José Dias Ferreira (F) e Fernando Tavares Pereira (G) foram os seis pretendentes que se mantiveram até ao fim na corrida, após a desistência de Pedro Madeira Rodrigues (C).

Mihajlovic exige 11 milhões

O treinador sérvio de futebol Sinisa Mihajlovic exige uma indemnização de cerca de 11 milhões de euros à SAD do Sporting pela quebra unilateral do contrato, em 27 de Junho de 2018, de acordo com o Relatório e Contas da SAD ‘leonina’, enviado ontem à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.