Vitória com serviços mínimos

Lisboa /
18 Dez 2017 / 02:00 H.

Um Sporting de serviços mínimos, mas suficientes para alcançar os seus intentos, venceu ontem o Portimonense por 2-0 em Alvalade.

No último jogo do campeonato este ano, os ‘leões’ venceram com golos de Bruno Fernandes (9 minutos) e Bas Dost (60), perante um Portimonense que se viu reduzido a 10 elementos aos 55, por expulsão de Hackman. Podence, que foi uma das apostas do técnico para a frente de ataque, dispôs logo nos instantes iniciais de uma boa situação, mas não conseguiu bater Ricardo Ferreira, sendo que a resposta do conjunto de Portimão surgiu pelos pés de Paulinho, que deixou Mathieu pelo caminho, antes de atirar muito por cima.

Contudo, à passagem dos nove minutos, Podence abriu caminho para o primeiro golo do encontro, ao isolar Bruno Fernandes, que, na ‘cara’ do guarda-redes visitante, não facilitou e anotou o sétimo tento da conta pessoal no campeonato.

Apesar de algumas tentativas de saídas rápidas, o Portimonense revelava dificuldades para chegar com perigo à baliza de Rui Patrício, sobretudo porque atacava com pouca gente e via-se em inferioridade numérica na zona defensiva ‘leonina’.

Mesmo sem se exibirem a um nível avassalador, os ‘leões’ estiveram perto do segundo, por Gelson Martins, mas não se livraram de um enorme susto, quando o japonês Nakajima ficou a centímetros da igualdade, ao tentar picar a bola à saída de Patrício.

De qualquer forma, em cima do intervalo, a formação ‘verde e branca’ quase ampliou a vantagem, mas nem Piccini nem Bas Dost conseguiram os seus intentos.

O remate de Fabrício, após o reatamento, poderia indicar uma reação mais afoita do Portimonense, mas esta acabaria por ser travada pouco depois, com a expulsão de Hackman. E, como um mal nunca vem só, os algarvios quase nem tiveram tempo para se reagruparem devidamente, já que Bas Dost fez o 2-0, aos 60 minutos, e praticamente sentenciou o destino da partida.

Mesmo com um elemento a menos, o Portimonense não se coibia de tentar jogar no meio-campo adversário, aproveitando algum relaxamento do Sporting, que se foi acentuando com o passar dos minutos para insatisfação de alguns adeptos ‘leoninos’.

Outras Notícias