Visitas a obras e entrega de cheques no P.to Santo

Albuquerque fez périplo das obras na ilha e entregou cheques de 100€
a 60 agricultores

17 Mai 2018 / 02:00 H.

O presidente do Governo Regional, visitou ontem e ficou agradado com o andamento das obras do ‘Liceu’ do Porto Santo, inaugurou uma exposição, esteve na apresenta da requalificação da futura praça de táxis e ainda entregou cheques aos agricultores locais.

Miguel Albuquerque teve uma agenda preenchida na ilha do Porto Santo. Pela manhã, inaugurou a exposição ‘A Vida e Alma Porto-santense’, visitou as obras na Escola Básica e Secundária Prof. Francisco Freitas Branco, esteve na apresentação do projecto de requalificação urbanístico da futura praça de táxis e ainda esteve com os agricultores.

Logo após a chegada ao Porto Santo, Miguel Albuquerque dirigiu-se para a exposição de Azulejos ‘Vida e Alma Porto-Santense, nos Paços do Concelho. Constituída por cerca de 30 painéis, apresentados pela primeira vez, esta exposição mostra os trabalhos realizados por diversas instituições, sob a temática do Património do Porto Santo e os Descobrimentos Portugueses.

Neste espaço o chefe do executivo madeirense disse estar “muito satisfeito por ter começado as celebrações dos 600 anos, na ilha do Porto Santo” que, nas suas palavras, “foi na verdade o primeiro polo e primeira plataforma da grande aventura portuguesa”.

O governante salientou ainda que “a política portuguesa sempre foi uma política atlântica, e a grande riqueza do país, para além das pessoas é na verdade a nossa plataforma continental” que é, neste momento, “das plataformas mais importantes no Mundo”.

Albuquerque visitou aquela que será talvez a obra em curso mais importante no Porto Santo, e da qual a ilha vai no futuro colher frutos: a requalificação da EBS Professor Francisco Freitas Branco.

O presidente congratulou-se pelo facto de as obras estarem “muito adiantadas, e estão a decorrer dentro do prazo previsto”. “Vamos acabar esta primeira fase no fim deste ano lectivo (Julho)”, pelo que, “no próximo ano lectivo (Setembro), iniciamos a segunda fase, para concluir em meados do próximo ano”.

A obra corresponde a “uma necessidade para o Porto Santo, e é um compromisso do governo, que será integralmente comprido”.

Depois desta visita ao antigo liceu do Porto Santo a comitiva governamental dirigiu-se para a apresentação do projecto de requalificação da envolvente da praça de táxis, localizado junto ao posto de abastecimento de combustíveis da ilha, num cruzamento rodoviário onde existem “constrangimentos graves” durante o Verão.

A ideia de fazer esta requalificação foi, segundo o secretario regional dos Equipamentos e Infra-estruturas, Amílcar Gonçalves, “resolver este problema rodoviário e ao mesmo tempo criar melhores condições para praça de táxis, e também para a envolvente”.

O projecto envolve a implementação de uma rotunda e a reabilitação de todo aquele espaço central, incluindo uma nova praça de táxis com capacidade para 15 viaturas, bem como estacionamentos para viaturas ligeiras (cinco lugares, um dos quais para condutores com deficiência motora) e para motos (14 lugares), a par de uma pequena doca para autocarros (três viaturas).

O presidente do governo regional reuniu-se ainda com um grupo de 60 agricultores da ilha dourada, os quais receberam um cheque no valor de 100 euros para ajuda dos custos de produção.

Outras Notícias