Um sonho chamado ‘The Voice’

Matias Sousa pretende voar bem alto, mas antes quer pisar o palco do programa de caça-talentos da RTP - 1

06 Dez 2017 / 02:00 H.

Matias Sousa descobriu aos 9 anos de idade que tinha jeito para cantar quando participou numa sessão de Karaoke no Monte, de onde é natural. O artista ainda hesitou no início, mas lá foi pisar o palco e cantar pela primeira vez para uma plateia.

“Foi nesta sessão de Karaoke que percebi que queria viver da música. E, na altura, o responsável Eduardo Abreu disse que tinha muito jeito, tendo depois disso decidido ter aulas de música para aperfeiçoar a minha técnica”, contou.

O jovem, que actualmente tem 14 anos de idade, inscreveu-se no Estúdio 21, onde tem aulas de canto e de piano com os professores Joana Ferreira e Moisés Freitas e acredita que está no caminho certo para trilhar uma carreira no mundo da música.

“No início comecei apenas a ter aulas de canto e pelo meio ainda experimentei guitarra, mas percebi que este instrumento não era o meu forte. Foi então que decidi experimentar piano e estou a gostar imenso da experiência de juntar este instrumento ao canto, porque funciona como uma base”, afirmou.

Matias Sousa, que tem vários vídeos no Youtube, já participou em diversos eventos de caça-talentos, como ‘A Próxima Estrela’, da RTP - Madeira, os ‘Pequenos Gigantes’ da TVI e o concurso regional Festival Juvenil da Canção. Todos foram importantes para o seu crescimento enquanto artista, mas os que mais o marcaram foram ‘Pequenos Gigantes’ e o Festival Juvenil da Canção, de onde saiu vencedor da sexta edição, com o tema ‘O Amor é Assim’.

“Adorei participar no programa da TVI, onde cheguei à fase das galas e apesar de não ter vencido foi uma grande experiência ter feito parte daquele concurso, porque fiquei a saber como tudo funciona naquele mundo e conheci imensas pessoas. Já o festival foi outra das grandes experiências que tive pelo facto de ter vencido”, referiu.

Ciente daquilo que quer ‘abraçar’ em termos futuros, Matias Sousa pretende terminar os estudos na Madeira e ‘voar’ para Lisboa e depois para Londres, onde visa dar continuidade aos estudos a nível musical e teatral, área que também gosta muito, mas “o canto será sempre o canto”. Antes de lá chegar, o jovem, que está no 9.º ano de escolaridade, tem um objectivo: pisar o palco do ‘The Voice’, programa da RTP -1.

“Um dos meus sonhos é participar no ‘The Voice’, porque é um programa que gosto muito e sempre que vejo imagino-me em cima daquele palco. Por isso, enquanto não me candidato vou continuar a ter aulas de canto e de piano para fortalecer o meu talento e um dia ser um dos concorrentes do concurso”, concluiu.