UE prepara imposto para gigantes digitais

Empresas como Google e Facebook vão ter de pagar um imposto europeu, o qual será definido até final do ano

Europa /
09 Set 2018 / 02:00 H.

O Conselho de ministros das Finanças da União Europeia (Ecofin), reunido em Viena, assumiu ontem o objectivo de acordar até final do ano uma solução temporária para um imposto sobre os serviços digitais a nível europeu. Já em Março, a Comissão Europeia sugeriu a cobrança de uma taxa de 3% sobre as receitas de grandes empresas como Google e Facebook.

Ontem, após uma reunião informal que teve como principal ponto em agenda a tributação da economia digital, a actual presidência do Conselho da UE e a Comissão Europeia indicaram que vão intensificar o trabalho técnico nas próximas semanas e meses com vista a tentar chegar a um compromisso a 27 para instituir ao nível europeu uma solução tributária que será “provisória e de curto prazo”. “Enquanto trabalhamos com vista a uma solução a longo prazo a nível da tributação digital, de preferência a nível da OCDE ou do G20, a Comissão Europeia apoia totalmente a presidência austríaca nos seus esforços de adoptar rapidamente a nossa proposta para uma solução interina de imposto de serviços digitais”, disse o vice-presidente do executivo comunitário, o grego Valdis Dombrovskis (na foto).

Tópicos

Outras Notícias