Troféu da Primavera levou emoção ao Faial

Faial /
14 Mar 2018 / 02:00 H.

O karting madeirense regressou à actividade no último domingo, no Kartódromo do Faial, com a disputa da segunda edição do Troféu da Primavera. Esta primeira prova de 2018 contou com a presença de 16 pilotos e foi ganha por João Dinis (categoria cadete), Martim Pereira (super cadete), Rodrigo Silva (júnior), Alexandre Mata (Max) e Filipe Pires (Max Master).

Disputado com bom tempo, este troféu de abertura da época constituiu um bom ensaio para campeonato regional, sendo de registar, ainda, algumas estreias em termos competitivos.

Na categoria cadete assistiu-se a uma excelente disputa entre Martim Menezes e João Dinis, que demonstraram já um ritmo muito interessante, sinal do excelente trabalho que ambos têm vindo a fazer. Cada um ganhou uma qualificação, sorrindo a vitória na corrida final a João Dinis, seguido de muito perto por Martim Menezes. No terceiro lugar ficou Pedro Pereira, também ele a melhorar de corrida para corrida, enquanto o estreante, Martim Alves, foi quinto.

Nos super cadetes, vitória para Martim Pereira, que correu juntamente com a júnior e que obteve excelentes temos, numa luta contra o cronómetro que não é fácil de gerir.

Quanto à categoria júnior, assistiu-se a uma luta entre o estreante Rodrigo Silva (campeão regional da supercadete) e Mário Rodrigo. Cada um venceu uma das qualificações, contudo, a vitória final coube a Rodrigo Silva, que não deu hipótese a Mário Pereira. Terceiro lugar para outro estreante nesta categoria, Mateus Jesus, que foi ganhando ritmo ao longo da corrida.

A categoria Max começou com um estreante, Martim Nunes (no ano passado foi o campeão regional da categoria júnior), a dominar e a conseguir um tempo canhão nos treinos cronometrados. Nas corridas repartiu o domínio nas qualificações com Alexandre Mata. Na corrida final, a vitória sorriu a Mata, depois duma excelente luta com Martim, que nunca lhe deu um segundo de sossego, numa excelente corrida de ambos. O terceiro lugar foi alcançado por Cristiano Olim, que esteve sempre em luta com João Guilherme, este também a estrear-se nesta categoria.

Finalmente, na categoria Max Master, assistiu-se a uma excelente corrida, com Filipe Pires e Diogo Fernandes a discutirem a vitória. Ambos estiveram muito rápidos, protagonizando ultrapassagens que prenderam as atenções do muito público presente no Faial. Os pilotos dividiram as vitórias nas duas qualificações, tendo o triunfo na corrida final sido decidido na última curva da última volta, com Pires a ultrapassar Fernandes. Terceiro lugar para João Dias, com o estreante David Zurzica a terminar quarto.

Outras Notícias