Sylla e Nduwarugira falham Cova da Piedade

Os dois jogadores foram expulsos frente ao Marítimo, no jogo da Taça da Liga

31 Dez 2017 / 02:00 H.

    Apesar do boa prestação exibicional da equipa, o jogo com o Marítimo, disputado na sexta-feira para a Taça da Liga, deixou marcas negativas no plantel do União, nomeadamente ao nível dos impedimentos para o próximo jogo.

    Efectivamente, o lateral Sylla e o médio Nduwarugira, que foram expulsos por acumulação de cartões amarelos, terão de cumprir castigo por um jogo, o que imediatamente os afasta da partida do dia 6 de Janeiro (sábado), às 15 horas, na Ribeira Brava, frente ao Cova da Piedade.

    Em contrapartida, os três elementos que foram poupados na partida com os verde-rubros devido a pequenos problemas físicos, nomeadamente Mica Pinto, Sagna e Malfleury, deverão estar operacionais para o primeiro confronto do ano.

    Reforços na expectativa

    Há ainda a expectativa de que os quatro reforços de Inverno do União - o guarda-redes Raví, os defesas Rafael Donato e Miguel Lourenço e o médio Bruno Morais - possam estar disponíveis para se estrear com os piedenses. Uma situação que irá depender das questões burocráticas relacionadas com as inscrições, que no caso dos três últimos tem a ver com a chegada dos certificados internacionais.

    Acresce dizer que o plantel unionista realizou ontem de manhã um treino de recuperação físico no seu complexo desportivo. Hoje é dia de folga, sendo o trabalho retomado amanhã de manhã, pelas 11 horas, novamente na Camacha.

    Outras Notícias