Sporting obrigado a longa viagem

Será o principal problema da visita ao Astana. Sp. Braga defronta marselha

Europa /
12 Dez 2017 / 02:00 H.

O Sporting vai defrontar o Astana, nos 16 avos-de-final da Liga Europa, um clube apenas fundado em 2009, mas que é tetracampeão do Cazaquistão e promete dificultar a vida aos ‘leões’ no jogo em casa. Sem grande historial no futebol europeu, o Astana destacou-se em 2015 quando se apurou pela primeira vez para a fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo na altura ‘apanhado’ o Benfica, que fez uma viagem de quase 10 horas.

A deslocação até ao Cazaquistao deverá mesmo ser a principal adversidade que a formação de Jorge Jesus vai encontrar nesta eliminatória. Além das longas horas de voo, o Sporting vai ter de lidar com temperaturas bem negativas e com o relvado sintético da Arena Astana, recinto coberto que leva cerca de 30 mil espectadores.

Os campeões cazaques, que têm um plantel com jogadores praticamente desconhecidos da ribalta europeia, são comandados pelo búlgaro Stanimir Stoilov, que enquanto jogador passou pelo futebol português, entre 1995 a 1997, pelo Campomaiorense. Na frente de ataque, destaca-se o congolês Kabananga, principal goleador da equipa, tendo marcado três golos na fase de grupos da Liga Europa e 19 na campanha do tetracampeonato.

Para estar nos 16 avos-de-final, o Astana alcançou o segundo posto do Grupo A, atrás dos espanhóis do Villarreal. O primeiro encontro realiza-se no Cazaquistão (15 de Fevereiro), e a segunda mão no Estádio José Alvalade, em Lisboa (dia 22 desse mês).

Sp. Braga defronta o Marselha

O Sp. Braga vai encontrar o Marselha, clube em que actua Rolando e que anda à procura de regressar aos tempos de glória vividos nos anos 90. A primeira mão realiza-se em solo francês e o segunda no Estádio Municipal de Braga.

Outras Notícias