Solidariedade chega espontaneamente de todo o lado

19 Jun 2017 / 02:00 H.

Ontem, logo que se soube da tragédia e em menos de uma hora, um grupo de 150 madeirenses afectados pelos incêndios de Agosto de 2016, conseguiu reunir perto de 500 euros para entregar a quem de direito para ajudar aos afectados na zona de Pedrógão e concelhos vizinhos.

Este exemplo multiplicou-se por todo o lado, seja de forma particular, seja de forma institucional, a onda de solidariedade atravessou Portugal de lés-a-lés e até ultrapassou fronteiras.

Eis apenas alguns exemplos. O Santuário de Fátima ali perto vai disponibilizar ajuda monetária o mais rapidamente possível.

A Caixa geral de Depósitos abriu uma conta solidária e doou 50 mil euros às vítimas. A conta designa-se “Unidos por Pedrógão” e os donativos podem ser feitos usando o IBAN PT50 0035 0001 00100000 330 42.

Também a Associação Mutualista Montepio vai doar 150 mil euros às vítimas. A companhia de seguros Lusitânia, que pertence ao grupo Montepio, comprometeu-se a garantir a “análise célere das situações de sinistro” dos casos sob sua gestão.

Em Leiria, haverá um espectáculo solidário no Teatro José Lúcio da Silva, a 24 de Junho, às 21h30 e vai juntar David Fonseca e a Orquestra Jazz de Leiria, Academia de Ballet e Dança - Annarella, Omnichord Records, Samp Pousos, Orfeão de Leiria Conservatório de Artes e Fade In - Associação de Ação Cultural. Os bilhetes custarão 15 euros.

Os escuteiros dispuseram meios para ajudar com alimentos os bombeiros e a população deslocada, anunciou o Corpo Nacional de Escutas.

A Ordem dos Médicos Dentistas ofereceu ajuda às autoridades para a identificação dos cadáveres da tragédia através dos dentes, sendo um dos meios “eficaz e rápido” para se conhecer identidades.

A Caritas portuguesa anunciou que tem já disponível uma verba de 200 mil euros, mas que vai abrir uma conta solidária nos mesmos moldes que têm ajudado na reconstrução de casas após os incêndios na Madeira, Arouca, Anadia ou Ourém.

Por fim, a Fundação Calouste Gulbenkian decidiu constituir um fundo especial de 500 mil euros, para apoio às organizações da sociedade civil da região de Pedrógão Grande.

Outras Notícias