Só Madeira Andebol com razões para sorrir

Madeira SAD continua invicto partilhando o comando com o Colégio de Gaia

05 Fev 2018 / 02:00 H.

Foi um fim-de-semana competitivo quase para esquecer para as cores do CS Madeira. Ontem, no Pavilhão do Funchal, o Sports empatou a 29 golos frente ao Assomada, com as continentais em vantagem no final da primeira parte por 18-14. Um partida onde o técnico Marco Freitas não contou com o contributo de Cláudia Aguiar que se lesionou na partida de sábado, um impedimento de valor a que se junta Jéssica e Ana Andrade. Ausências em demasia num plantel já de si limitado e que certamente deixaram a equipa sem muitas opções. No lado do CS Madeira, Odete Freitas com 8 golos foi a mais concretizadora.

O CS Madeira alinhou com Rosa, Andreia Andrade (5), Fabiana, Ana Castro (5), Francisca, Maria Kourdoulos, Leonor, Barbara, Filipa Franco (2), Nádia, Odete (8), Ana Camacho, Catarina (4), Ana Pestana e Leonor (5).

Madeira SAD superior

Na partida que fechou a tarde registe-se a natural vitória do Madeira Andebol SAD sobre o Alcanena por 32-16, com as andebolistas comandadas pela técnica Sandra Fernandes em vantagem ao intervalo por 17-7. O líder do campeonato voltou a demonstrar muita competência, num encontro que não sendo dificil ainda assim mereceu das madeirenses uma boa atitude. Beatriz e renata com 6 golos estiveram em destaque.

A SAD alinhou com Isabel, Anais (3), Mónica (1), Mariana (1), Beatriz (6), Márcia (2), Filipa (4), Sara, Mónica Correia, Cristiana (4), Renata (6), Cláudia (1), Patrícia (1) e Nádia.