SESARAM muda regras para acompanhantes

Serviço divulgou novas regras para acompanhamento de doentes nas Urgências

14 Jul 2018 / 02:00 H.

O SESARAM decidiu alterar as regras que permitem o acompanhamento de doentes no Serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça, tanto de crianças como de adultos. Umas das preocupações evidenciadas, num comunicado em que o SESARAM revela as alterações, é minorar os riscos de infecções.

Nessa informação, o SESARAM diz que “reforça as condições de permanência dos acompanhantes dos utentes, com vista a garantir uma melhor prestação de cuidados de saúde, incluindo o bem estar dos próprios utentes”.

As novas regras, em vigor de hoje em diante, determinam que “todos os acompanhantes dos utentes (adultos e pediátricos) do Serviço de Urgência do Hospital Dr. Nélio Mendonça, terão de se identificar na secretaria do Serviço de Urgência, onde lhe será dado uma vinheta de identificação a qual deverá ser fixada na roupa de forma visível”.

Devidamente identificado, o acompanhante “pode entrar no Serviço de Urgência e permanecer junto do seu utente, sempre que seja possível. No interior do Serviço de Urgência, o acompanhante deve respeitar e acatar com as instruções e indicações dos profissionais de serviço”.

Ainda assim, a possibilidade de acompanhar os doentes tem algumas limitações. “Não é permitido a presença de acompanhantes nas áreas clínicas assinaladas com a seguinte indicação: ‘Sala de Tratamento’; ‘Sala de Cirurgia’; ‘Sala de Pequena Cirurgia’; ‘Sala de Recuperação’ e ‘SO’.

“Esta medida vai ao encontro da política interna de segurança e de combate às infecções e está enquadrada na defesa dos direitos dos utentes. Todos os utentes internados no Serviço de Urgência, adultos e crianças, têm direito a um acompanhante e em algumas situações clínicas, com a devida autorização do médico, o utente pode eventualmente ter até dois acompanhantes.” E. P.

Outras Notícias