Resíduos de disparos tramam triplo homicida

Tribunal condena Emiliano Martins à pena máxima, pelos homicídios do pai, mãe e irmã

14 Jun 2018 / 02:00 H.

Resíduos de disparos de uma arma de fogo detectados no corpo e na roupa constituíram uma prova determinante no julgamento de Emiliano Martins, o homem que ontem foi condenado à pena de 25 anos de prisão por ter matado o pai, a mãe e a irmã na noite de 12 de Agosto de 2017 em Santana.

A soma aritmética das penas parcelares por homicídio aplicadas ao arguido chegava aos 70 anos de...

Outras Notícias