Recluso encontrado morto na Cancela

Alegado suicídio aconteceu ontem ao final da manhã. Estava detido

20 Mar 2017 / 02:00 H.

Um recluso madeirense, com idade entre os 35 e os 40 anos, natural de Câmara de Lobos, apareceu morto ontem ao final da manhã, no Estabelecimento Prisional do Funchal. A ocorrência teve lugar pouco depois do meio dia.

Contactado pelo DIÁRIO, o director do Estabelecimento Prisional do Funchal, Fernando Santos, limitou-se a confirmar a ocorrência e que as autoridades competentes já estavam em campo para as formalidades necessárias.

O recluso estava detido há pouco menos de dois anos, por furtos. Dados recolhidos pelo DIÁRIO dão conta de um passado recente ligado à toxicodependência, designadamente ‘bloom’. Por esse motivo estava a ser clinicamente acompanhado, mesmo na prisão, aparentando estar bem nos últimos tempos.

Face à ocorrência registada pouco depois das 12 horas de ontem, foram chamados ao Estabelecimento Prisional do Funchal a EMIR, a PSP, a PJ e ainda o delegado de Saúde da área da prisão. O corpo estava ontem entregue ao Gabinete Médico Legal para autópsia.

Outras Notícias