Quem tem contrato vai ficar à espera

Há 19 jogadores com contrato mas não é líquido que continuem na Madeira

17 Mai 2018 / 02:00 H.

O União tem contrato com 19 jogadores para a próxima época - Castre, Raví Paschoa, Mário Pellicier, Sylla, Tiago Almeida, Paulo Vasconcelos, Laércio, Miguel Lourenço, Pathé Ciss, Mica Silva, Nestor Mendy, André Carvalhas, Bruno Morais, Peterson, Flávio Silva, Júnior, Rodrigo Henrique, Moicano e Luan Santos - mas não é líquido que todos fiquem, uma vez que ainda não está decidido o futuro do União para a próxima época.

Recorde-se que os unionistas continuam esperançados em manter-se na II Liga, por força de uma participação que apresentaram no Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol por uma alegada infracção cometida pelo Santa Clara no dérbi insular, realizado a 18 de Fevereiro, por não ter inscrito pelo menos dois jogadores sub-23 na ficha desse jogo.

Professores de direito desportivo defendem que, a confirmar-se a prevaricação, que terá de ser aplicada derrota ao Santa Clara - venceu no campo por 1-0 -, e subtraídos entre dois e cinco pontos.

Caso se confirme a penalização, o União manter-se-á na II Liga e quem subirá ao principal escalão do futebol português é o Académico de Viseu, que está também a ‘mexer-se’ para que, quanto antes, o Conselho de Disciplina se pronuncie. Para o efeito, tal como o DIÁRIO já referiu, pediu ajuda a um ‘homem da terra’, o advogado Fernando Seara, que é vogal do Conselho Directivo do Tribunal Arbitral do Desporto.

Enquanto o processo não é ‘despachado’ - ao que tudo indica não deverá ficar concluído antes do final do mês -, o União não vai avançar com a preparação da nova época, ainda que a mesma esteja salvaguardada pelo facto de já contar com 19 jogadores.

Quem já está fora dos planos são Rudy, Nuno Lopes, Allef, Romaric, Tiago Moreira, Nduwarugira e Danilo Dias, que não vão renovar com o clube madeirense.

Dois unionistas chamados à selecção de Cabo Verde

Entretanto, registe-se que os unionistas Júnior e Tiago Almeida foram convocados para representar a selecção principal de Cabo Verde nos dois jogos particulares que irá realizar com a Argélia, no dia 1 de Junho, e Andorra, a 3 de Junho.

Aos atletas, o União, através do Facebook, fez questão de desejar “o maior sucesso ao serviço das suas selecções”.