Praça repleta de versatilidade

Funchal Fashion Week levou ao largo do colégio cerca de 700 entusiastas

17 Set 2017 / 02:00 H.

À primeira passada na passarela, o Funchal Fashion Week assume claramente a sua candidatura como o evento ‘embaixador’ da moda na Região.

Jorge Rosa, Dona Hortênsia, Mariana Sousa (SOUS) e Nuno Gama foram os estilistas que deram originalidade a um desfile que trouxe ontem à noite, em plena Praça do Município, cerca de 700 pessoas.

Antes da passagem, encontrámos duas mães que iam ver as suas filhas desfilar. Solina Santos e Cláudia Soares foram as progenitoras que consideraram que “a Madeira tem estilo”, daí que este tipo de certame “torna o Funchal mais vivo e chama mais pessoas”.

Uma das mães, Cláudia Soares, é brasileira e viajou desde a Alemanha para ver a filha participar no FFW, evento que na sua opinião “traz muita gente” e prova disso é “que há muito turismo a parar para ver”, salientou.

Pegando nessa premissa, João Paulo do Carmo, da Atlanticulture, disse que um dos objectivos passam por trazer este “turismo muito próprio da moda para a Madeira”, estando já a pensar no próximo ano.

“A partir do momento em que organizamos a primeira já estamos a pensar na segunda e não há tempo para parar, as coisas estão sempre em construção”, salientou João Paulo do Carmo, acrescentando que “é preciso dar continuidade e valor a cada ano”.

Quanto aos valores presentes no FFW, na sua grande maioria madeirenses, “há que puxar por eles para que possam sobressair”, reforçou um dos responsáveis pela Atlanticulture.

Para hoje estão reservadas mais quatro passagens pela passarela. Queens Jeunesse Doree, Cristina Homem de Gouveia (Ceagagê), André Pereira e Patrícia Pinto são os artistas que se seguem, com início pelas 21 horas. Até lá, haverá muita animação na vila da moda, montada no coração da capital madeirense.

Outras Notícias