Portugal vence Rússia

André Coelho, com dois golos, e Bruno Coelho marcaram os golos da vitória

09 Fev 2018 / 02:00 H.

Dois golos de André Coelho e um de Bruno Coelho permitiram ontem a Portugal vencer a Rússia, por 3-2, e assegurar a sua segunda presença na final de um campeonato europeu de futsal.

A equipa lusa ainda esteve a perder, depois de Éder Lima ter adiantado os russos aos 3 minutos, mas deu a volta na segunda parte, com os golos de André Coelho (30.03 e 35.44) e de Bruno Coelho (39.04), antes de os vice-campeões do mundo e da Europa reduzirem novamente por Éder Lima (39.11).

Depois de um início de jogo equilibrado e em que as duas equipas privilegiaram as defesas, o conjunto russo - com forte ‘sotaque’ brasileiro - foi ganhando ascendente e chegou à vantagem por Éder Lima.

Portugal demorou a responder e foi revelando grande incapacidade para criar problemas à defensiva russa, tendo a sua primeira oportunidade surgido apenas aos oito minutos, num remate de Pedro Cary.

O melhor momento de Portugal deu os seus frutos aos 30 minutos, num lance em que André Coelho aproveitou um ‘carrinho’ mal efetuado por Rómulo e, ainda de fora da área, rematou com força, sem hipóteses de defesa para Zamtaradze.

Após o empate, a equipa lusa aproveitou bem uma situação de canto, em que Ricardinho soltou em André Coelho e este, sem marcação, rematou forte ao ângulo, colocando Portugal na frente do marcador, com pouco mais de quatro minutos para se jogar (35.44).

Os russos arriscaram no 5 para 4 e, num lance em que perderam a bola à entrada da área portuguesa, no qual reclamaram uma falta do guarda-redes português - jogou a bola com a mão fora da área -, sofreram o terceiro golo, apontado por Bruno Coelho (39.04), de nada lhes valendo a resposta imediata, quando Éder Lima reduziu .