Pedro Ramos visitou Centro de Saúde do Caniço

O Secretário regional da saúde disse que esta unidade precisa de melhorias

13 Mar 2018 / 02:00 H.

    Ao abrigo do programa ‘Roteiro da Saúde’, a Secretaria Regional da Saúde propõe-se mais uma vez, à semelhança de 2017, a percorrer as várias unidades de cuidados hospitalares da Região. Desta feita, o Centro de Saúde do Caniço foi, ontem à tarde, palco deste encontro de proximidade entre profissionais e secretário regional.

    “Este ano será uma visita mais abrangente. Vamos ‘atingir’ os centros de saúde com urgência e sem urgência, como também todas as extensões, para termos um retrato adequado e o mais fiel possível da Saúde. Isso vai-nos permitir com este tipo de caracterização mais abrangente, ter uma ideia do que será necessário realizar e implementar para 2018 e 2019”, afirmou Pedro Ramos, à margem da sua visita ao Centro de Saúde do Caniço, unidade que “precisa de algumas melhorias”.

    “O ano passado tínhamos visitado o centro de saúde do Caniço. Precisa de algumas melhorias, mais recursos humanos e algum equipamento. Os recursos humanos poderão vir em breve, porque só em 2017 contratámos 17 novos médicos, dos quais oito foram da medicina geral e familiar, e agora em 2018 temos 11 contratações, dos quais seis são da medicina geral e familiar, o que perfaz 14. Pretendemos que a prestação de cuidados de saúde primários tenha uma margem de cobertura na ordem dos 70%”, afirmou o secretário.

    O Centro de Saúde do Caniço tem de momento 18 médicos, 58 enfermeiros e nove profissionais de outros grupos da área da saúde ao seu dispor, e Pedro Ramos esclareceu que a directora transmitiu-lhe estar “satisfeita de uma forma geral com as condições” desta unidade.