Abrunhosa vem interpretar novos modelos de negócio

Dia do Empresário é assinalado a 19 de Maio, no Centro de Congressos da Madeira

19 Abr 2017 / 02:00 H.

“A Evolução dos Modelos de Negócio” é o tema da conferência que se realiza a 19 de Maio no Centro de Congressos da Madeira, no âmbito do Dia do Empresário Madeirense.

A ACIF idealizou uma sessão, tendo como ponto de partida uma frase inglesa que embora de difícil tradução revela o espírito da sessão. “’Doing Business as usual is not enough’ significa que os tempos actuais e complexos que vivemos têm de assentar por um lado em novos negócios geradores de valor, seja pelas tecnologias que adoptam, o empreendorismo, as start up’s. Não menos importante é a detecção de novos nichos de negócio, diferente segmentação de mercado, internacionalização e novas formas de comunicação e comercialização”, refere a presidente da Associação promotora da iniciativa.

Cristina Pedra Costa lembra ainda que “em simultâneo, e coexistindo com esta realidade, existem – e é fundamental que continue a existir – os negócios ditos ‘tradicionais’ pois estes têm um forte contributo para o PIB e, em especial, para a criação / manutenção de milhares de postos de trabalho”. “Mas, também estes, têm de reinventar a forma como trabalham, comunicam e interagem num mundo cada vez mais globalizado e competitivo”, ressalva.

As novas realidades e a reinvenção das já existentes nortearão a discussão em torno do tema “escolhido”.

Pedro Abrunhosa, cantor, compositor e empresário, é um dos oradores da tarde. Não vem dar qualquer concerto, mas mostrar o que pensa da área empresarial, onde conta com o Boom, um estúdio de eleição para qualquer tipo de gravação, situado na área do grande Porto, e com a Pedro Abrunhosa - Produções Musicais.

O administrador do Grupo Delta Cafés, Rui Miguel Nabeiro, também vai partilhar a visão sobre o tema. O neto do Comendador Rui Nabeiro é um dos responsáveis pela marca Delta Q, um projecto que idealizou e acompanhou desde o início.

O debate é moderado por António Costa, jornalista do ECO e comentador-residente na TVI e vai contar ainda com a participação do Administrador Executivo do Millennium BCP, Rui Teixeira e do Presidente da PwC, José Manuel Bernardo.

Conselheiros da CIP reúnem no Funchal

O Millennium BCP e a PwC voltam a ser patrocinadores do evento que, a exemplo de anos anteriores conta com a participação do Presidente da CIP, António Saraiva, este ano acompanhado de 10 Conselheiros da Confederação Empresarial de Portugal. Casos do Presidente da Associação Empresarial de Cantanhede, Luís Roque, do Presidente da Associação Portuguesa das Indústrias Gráficas, José Manuel Lopes de Castro, do Presidente da Associação Portuguesa da Indústria de Cerâmica, José Luís Sequeira, do Vice-presidente da Associação dos Industriais Metalúrgicos, Metalomecânicos e afins, Rafael Campos Pereira, da Presidente da Associação Nacional do Registo dos Equipamentos Eléctricos e Electrónicos, Mafalda Gramacho, do Secretário-geral e Vogal da Associação das Indústrias Navais, José Ventura Sousa, do Vogal da Associação Empresarial de Portugal, Luís Miguel Ribeiro, do Presidente da Associação Empresarial de Viana do Castelo, Luís Ceia, bem como de Luís Filipe Ribeiro, que tem assento neste Conselho como individualidade.

A CIP é uma estrutura patronal que defende os interesses de todas as empresas portuguesas, albergando, de uma forma transversal e equilibrada, entidades associativas sectoriais e regionais, bem como todas as Câmaras de Comércio e Indústria de Portugal. A representação da CIP é de 114.566 empresas, que empregam 1.541.539 trabalhadores e têm um volume de negócios de € 105.208 milhões.

O Conselho geral da CIP é composto por 57 Conselheiros, representantes das diversas Associações Empresariais do país. A ACIF-CCIM, através da sua presidente, integra este Conselho Geral.

A comitiva da CIP chegará à Região a 18 de Maio, tendo uma reunião na ACIF-CCIM, na qual participará a direcção e alguns empresários representativos dos diversos sectores de actividade económica. A comitiva sairá do Funchal a 21 de Maio, mas antes visita a Unidade Autónoma de Gás (UAG) – Gaslink, e faz circuitos turísticos, nomeadamente ao Cabo Girão e ao Porto Santo.

No Dia do Empresário participam ainda outras duas entidades associativas portuguesas. A Confederação do Turismo Português (CTP) far-se-á representar pelo seu Presidente Francisco Calheiros. E a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal (CCP) marcará presença através do seu Vice-Presidente Vasco de Mello.

Pedro Marques presente no jantar de gala

O Ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, vai marcar presença no jantar de gala do Dia do Empresário Madeirense, iniciativa anual da ACIF-CCIM que este ano decorre a 19 de Maio.

O governante com quem o executivo regional tem mantido alguns diferendos tem uma intervenção prevista no arranque do jantar marcado para o restaurante Panorâmico do Casino da Madeira, evento que costuma contar com a presença de vários empresários e entidades oficiais da Região.

Antes, na sessão comemorativa, a decorrer durante a tarde no Centro Congressos da Madeira vão usar da palavra o Presidente do Governo, Miguel Albuquerque, e do Representante da República para a Região, Ireneu Barreto. A presidente da Direcção da ACIF também discursa antes do debate que este ano fixa atenções na evolução dos modelos de negócios.

O Dia do Empresário Madeirense é uma iniciativa anual da ACIF-CCIM que desde 2001 tem distinguido os empresários madeirenses que se destacaram, na sua área profissional, no panorama económico regional ou no país onde residem.

Este ano, pela primeira vez, conta com o Alto Patrocínio do Presidente da República, “elevada distinção num evento que tem vindo a ganhar dimensão de ano para ano” e que representa “uma honra para a ACIF-CCIM e para todos os empresários da Região”.

Homenageados

António Jardim Fernandes e o grupo Cardoso vão ser distinguidos no Dia do Empresário.

A ACIF-CCIM enaltece o engenheiro e empresário hoteleiro, natural do Seixal, por ser administrador do grupo ‘Dorisol Hotels’, com cinco unidades hoteleiras e cerca de mil camas em exploração na Região, e por “ao longo da sua carreira, para além do seu empreendedorismo, ter sempre um espírito associativo e interventivo, tendo ocupado vários cargos em diferentes órgãos associativos”.

Quanto à homenagem ao grupo empresarial com grande tradição na área turística e que, no ano passado, se destacou na requalificação dos seus empreendimentos turísticos, a ACIF destaca o facto do Grupo Cardoso - o quarto maior grupo hoteleiro da Região, com 1.234 camas distribuídas pelas suas três unidades de quatro estrelas -, “primar pela excelência dos seus serviços e qualidade das suas infraestruturas”.

Outras Notícias