Parlamento chama Governo para esclarecer hospital

Debate de urgência leva três membros e será na quinta-feira por proposta do PSD-M

07 Nov 2017 / 02:00 H.

Depois de amanhã, quinta-feira, 9 de Novembro, pelas 9 horas, os deputados à Assembleia Legislativa da Madeira vão debater, com urgência, os avanços e recuos do projecto para um futuro Hospital no Funchal. A decisão foi ontem tomada na reunião de líderes parlamentares, onde surgiram duas propostas no mesmo sentido.

Em princípio devem ser chamados três membros do Governo Regional, a saber o Vice-presidente Pedro Calado, e os secretários regionais da Saúde, Pedro ramos, e do Equipamento, Amílcar Gonçalves.

O debate proposto pela bancada parlamentar do PSD-Madeira seguirá os moldes habituais, com os primeiros 15 minutos da bancada proponente e outros 15 minutos de intervenção atribuídas ao Governo, seguindo-se depois intervenções, interpelações e pedidos de escalrecimento das restantes bancadas e deputados e consequentes respostas do Executivo.

A proposta de debate foi aprovada com os votos favoráveis do PSD e do CDS e contra do PS, JPP e BE. A outra proposta nos mesmos moldes, apresentada pelo Partido Socialista, que recusou juntar a sua à do PSD, foi chumbada pelo PSD e CDS, segundo a porta-voz da reunião, a vice-presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Fernanda Cardoso. F. J. C.

Outras Notícias