Oito anos depois...eis o Supermoto

O Moto Clube da Madeira lançou o ‘espectáculo’ do motociclismo de asfalto na Região, entre 2006 a 2008. Passados nove anos o clube volta a apostar na modalidade com provas no Faial, em Machico e no Porto Santo

20 Jun 2017 / 02:00 H.

O Supermoto está de regresso ao panorama regional. A disciplina ligada ao motociclismo teve os seus anos de ‘ouro’ entre 2006 e 2008, altura em que o Motor Clube da Madeira, responsável pelo seu lançamento na Região, em parceria com a Associação de Motociclismo da Madeira, levaram a vários locais da ilha a prática desta disciplina motorizada, caracterizada principalmente por se desenrolar maioritariamente ou totalmente em circuitos fechados e em asfalto.

A ‘loucura’ pelo desporto de duas rodas cativou e muito o povo madeirense que encheu os diversos locais onde se disputaram as diversas competições, desde o Mercado Abastecedor, em São Martinho, o Complexo Desportivo do União, na Camacha, o antigo parque de contentores no Funchal, o Parque Desportivo de Água de Pena, em Machico, ou os Kartódromos do Faial e do Porto Santo, foram outros locais onde os vários pilotos de supermoto rodaram e onde o público facilmente acedia, contribuindo assim para um especial colorido aos eventos.

Em 2009, a organização deste campeonato foi atribuída a uma outra organização, campeonato este que nesse ano não conheceu o seu desfecho. Desde então, houve duas tentativas de reanimar o supermoto, em anos distintos, mas que se ficaram por apenas um evento em cada um desses anos.

Certo é que o ano de 2017 marca o regresso das ‘Supermotos’, através do Motor Clube da Madeira, associação desportiva sem fins lucrativos fundada a 21 de Março de 2006 por um grupo de entusiastas dos desportos motorizados, que quis assim celebrar o seu 11.º aniversário com o recuperar duma modalidade lançada por esta colectividade juntando-se assim a outras variantes, onde o clube marca presença como é o motocross, cross country, automobilismo e trial.

Neste ano de retorno do Supermoto, a organização inscreveu nos calendários da Associação de Motociclismo da Madeira quatro provas que decorrerão em locais como Faial, Machico e Porto Santo, estando ainda em análise a possibilidade de ir até à Calheta para um evento, caso o recinto pretendido reuna as condições básicas para a prática desta modalidade.

Quanto a datas, o clube organizador tem agendado a primeira prova do campeonato para 26 de Agosto. Depois seguem-se as restantes três etapas, a 23 de Setembro, 14 de Outubro e 5 de Novembro.

Outras Notícias