O regresso do Carvalheiro

A presença do Carvalheiro foi uma das novidades na 1ª jornada do Campeonato

03 Nov 2017 / 02:00 H.

Arrancou o Campeonato de Veteranos Venda do Sócio, uma organização de uma comissão ligada a ATARAM. Realizaram-se 9 dos 12 jogos da primeira ronda sendo, pois, que três foram adiados.

Uma das curiosidades teve e ver com o regresso do C.F. Carvalheiro, após um ano de interregno. Agora com um cheirinho ao Curral das Freiras dado que os seus responsáveis têm ligação à escola daquela localidade.

Para já, o regresso foi pautado pelo empate... Aconteceu frente ao Choupana, com este a marcar primeiro, por Décio Gouveia, mas a sofrer o golo da igualdade por Vagner Coelho e, por muito pouco, não viu o adversário se superiorizar no marcador. Houve oportunidades para tal, curiosamente para uma equipa que terminou com menos uma unidade devido a dois ‘amarelos’ vistos por Tiago Freitas (Carvalheiro).

Quem entrou bem na competição, já depois de ter entrado muito bem na época ao vencer a Supertaça perante o Marítimo, foi o actual campeão, AD Machico. Os machiquenses foram ganhar ao Caniçal, por um claro 4-0 (com golos de Adalberto, Bruno Câmara 2 e Adelino). Ou seja, tudo indica que temos um sério candidato ao título que é como quem diz à revalidação do mesmo.

Fazendo um comparativo com a época anterior, surpreende o empate consentido pelo Juventude de Gaula perante o Porto da Cruz (1-1), bem como a derrota do Ribeira Brava em ‘casa’ do Pontassolense (0-1). Tal como o resultado expressivo do São Paulo conseguido frente ao Xavelhas – não tanto a vitória mas os claros 7-1. Isto comparativamente à última época, repete-se. Logo não dá para fazer, ainda, uma análise muito real à qualidade das equipas nem a justificação dos resultados... Há muito tempo para confirmações ou desmentidos!

Outras Notícias