“Muitas expectativas em São Torcato”

O presidente do Torcatense admite uma surpresa, mas fala da diferença enorme das equipas

13 Out 2017 / 02:00 H.

São muitas as expectativas em redor da deslocação do Marítimo a São Torcato, neste sábado, onde vai a equipa madeirense defrontar a União Torcatense, equipa que milita na Série A do Campeonato de Portugal, ocupando o 3º lugar. Quem o assegura é o presidente da colectividade, Carlos Fernandes, para mais quando revela ser esta a primeira vez que o Torcatense vai defrontar uma equipa da I Liga do futebol português.

O presidente do clube que agora recebe a formação verde-rubra revela “o grande entusiasmo” em redor do jogo e admite mesmo que o clube a que preside pode fazer uma surpresa. “É possível, mas temos a noção que vamos defrontar uma equipa muito forte, que está no 4º lugar da I Liga e que reúne todo o favoritismo para o jogo”, adianta, falando mesmo de um duelo de “uma equipa de tostões contra outra de milhões”. “Mas a Taça sempre proporciona surpresas”, alerta.

Por outro lado, Carlos Fernandes refere a importância para uma pequena freguesia, como é São Torcato, receber uma equipa da dimensão do Marítimo. “É bom para a freguesia, que é falada por estes dias, é bom para a juventude torcatense assistir a um jogo com uma equipa de qualidade superior”, realça.

ss

O pequeno estádio (Parque de Jogos do Arnado) vai estar lotado, de acordo com o presidente do Torcatense, mesmo que a capacidade do recinto, em lugares sentados, seja apenas de 450 lugares.

De resto, Carlos Fernandes fala de um clube, fundado em 1928, sediado numa freguesia com pouco mais de 3.500 habitantes, mas que tem desenvolvido um “bom trabalho ao nível da formação”, tendo muitos atletas nos diferentes escalões.

O Torcatense ascendeu ao Campeonato de Portugal na temporada 2014/15, quando venceu a Pro-Nacional da Associação de Futebol de Braga, tendo ainda militado na II Divisão B em 2006/07, e na antiga III divisão na época seguinte.

Outras Notícias