Moradores culpam CMF por falta de segurança

07 Out 2017 / 02:00 H.

Alguns moradores dos Apartamentos Várzea, situados na Nazaré, pertencentes à autarquia funchalense, queixam-se de falta de segurança e acusam a Câmara Municipal do Funchal de nada fazer para contornar esta situação.

Segundo uma moradora, que preferiu não ser identificada, a garagem que serve três blocos destes apartamentos permanece aberta “há anos” e mesmo após sucessivas reclamações por parte dos residentes a autarquia “não mostra qualquer interesse em arranjá-la”.

“Ou porque falta isto, ou porque falta aquilo, ou porque nem todos os moradores têm comandos, etc”, reclamou a mesma pessoa, admitindo que a porta esteve “de par em par durante oito anos e que foi finalmente concertada há pouco mais de um ano após acontecer neste local uma suposta tentativa de violação”.

No entanto, referiu que passados cerca de seis meses a porta em questão voltou a avariar e que “continua aberta há pelo menos um ano por estar empenada e porque os cabos se estragaram”.

“Já que a câmara não faz nada os moradores propuseram que arranjasse a porta, disponibilizando-se para pagar as despesas, mas como se tratam de apartamentos alugados foi recusada essa possibilidade”, afirmou, indignada, até porque diz recear entrar no prédio pois “a falta de condições e de segurança é cada vez mais evidente”.

“Além da garagem não ter luzes, as pessoas de outros sítios entram propositadamente para deitar lixo e quando vamos deposita o nosso a casa do lixo já está sobrelotada e é só lixo espalhado pelo chão. Isto para não falar nas pessoas em situação de sem-abrigo que entram na garagem para dormir e frequentemente deparamo-nos com fezes no chão”, acrescentou a moradora, admitindo que houve já alguns furtos de peças de carros e motas neste espaço.

Contactada pelo DIÁRIO, a Câmara Municipal do Funchal referiu que “estas portas têm sido ocasionalmente vandalizadas mas que sempre que se verificam estas situações a autarquia tenta reparar, apesar de se tratarem de reparações bastante avultadas”.

Outras Notícias