Messi ganhou

Lionel Messi terminou o ano com 54 golos mais um que Cristiano Ronaldo

24 Dez 2017 / 02:00 H.

O ‘astro’ argentino terminou o ano de 2017 com um total de 54 golos em todas as competições, mais do que qualquer outro futebolista mundial. No último jogo do ano, em pleno Bernabéu, a ‘pulga’ mediu forças com a ‘máquina’, e levou a melhor neste particular. É que à partida para o encontro, aqueles que são classificados comos os melhores do Mundo seguiam igualados nos tentos certeiros durante este ano civil.

Cristiano Ronaldo, Robert Lewandowski e Edinson Cavani ficam-se então pelos 53 golos apontados em 2017 e Messi completa um excelente ano de goleador, no qual também foi vencedor da Bota de Ouro e do Pichichi.

Ainda assim, o madeirense completou uma série de sete anos consecutivos a elevar a fasquia acima dos 50 golos em jogos oficiais. A título de exemplo, os 53 golos apontados pelo português, em 60 jogos, ficaram apenas dos dois alcançados em 2016 e dezasseis abaixo do melhor registo, alcançado em 2015, ano em que marcou 69 golos.

Em termos de títulos, Ronaldo dificilmente poderia pedir um ano melhor. Em 2017 o Real Madrid ganhou cinco troféus, ou se preferir, uma ‘manita’: Liga Espanhola, Liga dos Campeões, Supertaça Europeia, Supertaça Espanhola e ainda o Campeonato do Mundo de Clubes foram os títulos que CR7 amealhou.

A nível individual, Ronaldo levou para casa prémio The Best e a Bola de Ouro, assim como o prémio da UEFA para melhor jogador da época 2016/17.

Outras Notícias