Meia Maratona quer novo recorde de inscritos

18 Mai 2018 / 02:00 H.

A Meia Maratona Atlântica em atletismo, que vai para a estrada no próximo dia 27 de Maio, quer, na sua segunda edição bater um nove recorde de inscritos.

Depois das três centenas que marcaram presença na edição de 2017, a Associação de Atletismo da Madeira (AARAM) acredita que esse número será ultrapassado, uma vez que já estão inscritos cerca de 200 atletas para as duas distâncias principais, a Meia Maratona, com um percurso de 21.097,50 metros, e a Mini Maratona com 4.950 metros. O anúncio, destes números foi feito ontem no decorrer da apresentação oficial da prova, que teve lugar na sede da AARAM.

Refira-se que o evento, que conta ainda com uma marcha pela saúde, sem carácter competitivo com uma distância aproximada de 4.000 metros, tem um custo de três euros para todas as provas, excepto para os jovens infantis e iniciados, que é gratuita. Está incluído, na inscrição, uma t-shirt alusiva ao evento, uma medalha de participação, massagem gratuita para os participantes da Meia Maratona, e ainda um convívio final nas instalações da Empresa de Cervejas da Madeira para todos os participantes.

Todo o valor arrecadado das inscrições reverterá para a Liga Portuguesa Contra o Cancro.

Nesta segunda edição serão introduzidas algumas novidades, nomeadamente uma barreira horária na Meia Maratona, na zona de abastecimento da Rotunda da Autonomia, onde o controlo de passagem fecha às 2 horas de prova. Depois os atletas têm no máximo 3 horas para terminar a prova.

Quanto aos vencedores masculino e feminino da Meia Maratona serão presenteados com um prémio monetário de 250 euros, 150 euros para os segundos classificados e 100 euros para os terceiros classificados. As melhores equipas, em ambos os sexos recebem 100 euros e todos os vencedores de escalões recebem um voucher de 25 euros em produto da Empresa de Cervejas da Madeira.