Mediação entre a ficção e a realidade

17 Out 2017 / 02:00 H.

Hugo Brazão inaugurou no passado dia 14 a sua nova exposição individual chamada ‘Colmatar o hiato, tapar buracos, ou como adiar um problema eminente’.

O artista plástico madeirense, em parceria com o MUDAS. Museu de Arte Contemporâneo da Madeira e a Galeria dos Prazeres, apresenta uma proposta inovadora que convida a viajar entre a realidade e a ficção, e procura através da escultura, pintura e instalação unir as duas salas de exposição separadas por 3.9 km, numa ligação além do espaço e tempo conectada por os dois fornos de lenha que apresentam os dois museus.

Tópicos como a “exploração das fronteiras entre realidade e a ficção”, e a “fusão entre memórias e paisagens” são os temas centrais apresentados por Brazão. A exposição estará disponível até Janeiro de 2018 na Galeria de Exposições Temporárias do MUDAS. Museu de Arte Contemporâneo da Madeira e na Galeria dos Prazeres.

Outras Notícias