Madeira SAD focado em regressar às vitórias

11 Nov 2017 / 02:00 H.

    Superação é a palavra de ordem que vai marcar a postura do Madeira Andebol SAD quando hoje, pelas 17 horas, no Pavilhão do Funchal, receber o Belenenses.

    Superação, espírito de equipa e o ‘8.º jogador’ são argumentos necessários para que os madeirenses voltem às vitórias na prova, depois das derrotas frente ao Águas Santas e em Avanca. Resultados que acontecem num quadro de muitas dificuldades no plantel às ordens do técnico Paulo Fidalgo que nas últimas três semanas não conseguiu ter em dois dias seguidos todo o plantel disponível.

    As lesões em andebolistas nucleares na estratégia do ‘sete’ são factores que deixaram a equipa sem argumentos para a discussão dos três pontos, mas que em nada mexeram com o principal foco da estrutura. Ou seja, jogo a jogo ir somando os pontos necessários para no final da fase regular estar entre os seis primeiros. Pelo meio, relembre-se, este plantel terá as competições europeias e a Taça de Portugal. Um grau de exigência competitiva que apela a todos à máxima determinação e sobretudo união. O Belenenses apresenta-se no Funchal com 22 pontos, ocupando a 5.ª posição, embora com mais um jogo relativamente ao Madeira SAD que é 7.º com 19 pontos.

    Hugo Lima, João Pinto e Bruno Moreira são os casos clínicos mais preocupantes antes desta partida. Continuam a sua recuperação às mãos do fisioterapeuta Higino Ferreira. Embora continuem a treinar com muitas limitações, registe-se a sua total disponibilidade para darem o seu limitado contributo tal como já havia acontecido na partida frente ao Avanca.

    Quem não vai mesmo a jogo é o extremo Tiago Ferro. Uma lesão no tendão de Aquiles afasta este internacional, no mínimo por três semanas, das opções de Paulo Fidalgo.

    Outras Notícias