Má entrada dita novo desaire

13 Nov 2017 / 02:00 H.

O Varzim regressou ontem às vitórias, frente ao União (3-1), num jogo bem disputado e equilibrado, antecipado da 18.ª jornada da II Liga.

A formação da casa entrou melhor no jogo e os dois golos no primeiro tempo foram importantes para a conquista dos três pontos, uma situação que teimava em não acontecer nos últimos cinco jogos.

O Varzim começou cedo a mostrar a vontade de chegar ao golo e, logo no primeiro minuto, Pintassilgo, de cabeça, atirou com perigo à baliza de Tony, que falhou por centímetros.

O primeiro golo acabou por acontecer quase à meia hora, devido a uma falha da defesa do União. Após um livre de Jean Filipe, Tiago Moreira, ao tentar tira a bola da área, atirou para dentro da baliza, fazendo um autogolo.

Motivada, a equipa do Varzim continuou a exercer pressão e, ainda antes do intervalo, aumentou a vantagem, por intermédio de Pintassilgo, de cabeça, à entrada da área, depois de um cruzamento de Rui Coentrão.

Sem nada a perder, José Viterbo alterou a equipa madeirense no arranque do segundo tempo e a dinâmica alterou-se significativamente, especialmente com a entrada de Flávio Silva.

O jogador, que entrou para substituir Ciss, conseguiu reduzir a desvantagem do União da Madeira, relançando a partida.

Mas, o Varzim recompôs-se e acabou o encontro aos 80 minutos, com um golo do recém-entrado Baba Seck.

Outras Notícias