Leque de sugestões para dois

O dia mais romântico do ano chegou e traz com ele várias propostas sugestivas para os casais que queiram provar o verdadeiro amor que nutrem um pelo outro.

14 Fev 2018 / 02:00 H.

No Dia de São Valentim seleccionámos 14 propostas repartidas entre a variada selecção gastronómica e musical espalhada por toda a Região, num leque de sugestões que poderão ser preparadas ao longo de um dia repleto de a fazeres bem apelativos para a carteira dos ‘pombinhos’, mas não só. Há também quem proponha a celebração da efeméride durante o fim-de-semana, caso o programa a meio da semana não condiga com os seus planos.

Venha daí descobrir como pode surpreender o seu par com o que de melhor a nossa ilha tem para oferecer, por via de um programa que certamente fortalecerá a sua ligação amorosa. É de salientar que a atender pelas previsões climatéricas, estão reunidas as condições para actividades a céu aberto, com o IPMA a antever períodos de céu pouco nublado.

No Hotel Jardim do Atlântico, na freguesia dos Prazeres, em pleno concelho da Calheta, pode caminhar sobre pinhas, folhas de louro, areia, calhaus, lama, e outros elementos da natureza, num percurso que perfaz um total de 800 metros e aplica em determinados pontos dos seus pés aquilo a que chamamos de reflexologia. Em termos muito simples, digamos que pode massajar o seu próprio corpo ao percorrer este trilho concebido para entrar em perfeita comunhão com a natureza. Ao longo da caminhada pode vislumbrar mais de 400 plantas distintas. Por um euro, e sem precisar de estar hospedado no hotel, o Caminho dos Pés Descalços está aberto das 10 às 12 e das 15 às 18 horas.

A Madeira é propícia a piqueniques e isso é notório enquanto vagueamos pelos vários pontos da Região. Aproveite, juntamente a sua cara metade, para estender a toalha e aproveitar o sol que far-se-á sentir no dia de hoje. A zona Norte é deveras convidativa a este tipo de lazer, mas não só. Por exemplo, o Parque de Santa Catarina, o Jardim de Santa Luzia, o Jardim do Lido ou o Jardim Botânico são quatros locais que podem facilmente tornar-se aprazíveis para um piquenique neste Dia de São Valentim.

Trata-se do farol aberto ao público que contou com mais visitas durante o último ano, em todo o território nacional, totalizando cerca de 14.232 entradas. O Farol da Ponta do Pargo é igualmente um dos locais mais procurados para descortinar o último raio de sol na Madeira e o perfeito anfiteatro para, no topo de uma arriba com 300 metros de altura, aguardar pacientemente pelo fim do dia, de preferência, com as mãos entrelaçadas.

Se é fã de visitas a locais recônditos e que respiram história, o Museu da Família Teixeira é um desses sítios. Na Fajã da Murta, no Faial, pode encontrar esta mini-aldeia que mais parece um presépio. Dessa forma, enriquecerão enquanto casal o vosso álbum fotográfico, até porque este museu evidencia uma homenagem a um casal que viajou muito cedo para a Venezuela em busca de uma vida mais estável. Um sítio a descobrir, que oferece entradas gratuitas a todos os seus visitantes durante todo o ano.

São muitos, nós sabemos, mas cabe a si, caro leitor, escolher o que melhor se adequa ao seu roteiro. Cabo Girão (Câmara de Lobos), Cabanas (São Jorge), Balcões (Ribeiro Frio), Boca dos Namorados (Estreito de Câmara de Lobos), Eira do Serrado (Curral das Freiras), Cristo Rei (Garajau), Fortim do Pico (Porto da Cruz), Pico do Facho (Machico), Neves (Funchal), Pico dos Barcelos (Funchal), Pico da Torre (Câmara de Lobos), Espigão (Ribeira Brava), Encumeada (São Vicente), Santa (Porto Moniz) e Véu da Noiva (São Vicente) são alguns dos pontos que pode ousar visitar.

E porque não uma caminhada relaxante à beira-mar? Se esta ideia despertou uma onda de sentimentos na sua vontade pode escolher percorrer as várias promenades existentes na Madeira, sendo que a mais evidente é aquela que liga o Lido a Câmara de Lobos, passando pela Praia Formosa. Existem ainda este género de passeios na baía dos Juncos, em São Vicente, no Jardim do Mar, ou no Caniço de Baixo, na praia dos Reis Magos.

Caso já tenha experimentado andar nos teleféricos existentes na cidade do Funchal chegou a hora de aventurar-se em outros que estão espalhados na ilha. São os casos dos teleféricos da Rocha do Navio (Santana), Achadas da Cruz (Porto Moniz), Garajau (Caniço), Rancho (Cabo Girão) ou Fajã dos Padres (Campanário), meios de transportes que nos conduzem a locais junto ao mar e que com certeza irá imbuir o casal num clima de relaxamento e diversão, não fossem estes locais conhecidos pelo seu grande desnível.