Jackie continua desaparecido no aeroporto de Lisboa

27 Dez 2017 / 02:00 H.

    Jackie, o gato que desapareceu no Aeroporto de Lisboa, de onde deveria ter seguido para a Madeira, continua desaparecido, embora durante a tarde houvesse a esperança de que tivesse sido encontrado.

    De recordar que, o gato deveria ter embarcado no voo do dia 21 de Dezembro, perdeu-se no edifício do aeroporto, após ter sido entregue numa transportadora no Aeroporto de Lisboa.

    Quando Sandra Teixeira Freitas foi buscar o animal ao Aeroporto da Madeira, soube que ele não tinha embarcado. Desde então tudo tem feito para recuperar o gato.

    Durante a tarde de ontem, uma equipa da SARTEM, uma empresa contratada para proceder ao resgate do gato, localizou um gato muito parecido no estacionamento do aeroporto. Após, algumas horas, conseguiram capturar o animal e levá-lo ao veterinário. No entanto, apesar de muito semelhante, esse gato não era o Jackie, pois não possuía chip.

    Já ao final da tarde, o DIÁRIO e Sandra Teixeira Freitas foram contactados pois, na zona de Chelas, nas imediações do aeroporto foi avistado um gato que corresponde à descrição de Jackie. Aguarda-se que este seja capturado e levado ao veterinário para aferir se, de facto, é o gato em questão.